Conteúdos atrativos e relevantes

 

4prgeeks

 

Antes de definir que tipo de conteúdo a empresa deve elaborar, deve ser realizada primeiramente uma escolha com base na definição das redes a utilizar e mediante a estratégia, métricas e objetivos impostos pela organização.

Atualmente, as empresas já não se questionam se devem ou não ter redes sociais, mas sim como fazer melhor destas plataformas que a sua concorrência.

Não é novidade que os conteúdos atrativos e relevantes conseguem obter melhores resultados que mera informação facultativa. Este é um dos melhores caminhos para atingir um maior alcance alargado e sucesso em termos de interação.

No entanto, no momento de uma publicação nem todas as pessoas irão visualizar a mensagem. Para contornar essa situação, as redes sociais englobam um conjunto de ferramentas que oferecem a possibilidade da empresa segmentar o target a alcançar de acordo com a estratégia estipulada.

Estas encontram-se relacionadas com a afinidade do conteúdo, nível de interação, tempo da publicação, diversidade de conteúdos e a respetiva qualidade dos temas.

De acordo com o livro, “Redes Sociais 360”, do autor Vasco Marques, grande parte dos conteúdos realizados não devem ter apenas um cariz comercial, mas sim ser do total interesse dos leitores. Isto vai aumentar e elevar o alcance pretendido, de forma a captar a atenção dos seguidores, mesmo quando se publica um conteúdo orientado à oferta da marca.

Para se realizar uma boa estratégia de conteúdos, deve-se ter em atenção o contexto do público e tentar satisfazer as suas necessidades de forma a chegar a um consenso de objetivos. É fundamental conhecer bem o público e para isso pode-se recorrer a ferramentas estatísticas fornecidas pelas próprias plataformas de social media. Não fique apenas por uma presença superficial, aproveite todos os recursos fornecidos.