ÍNDICE DA EXCELÊNCIA JÁ TEM VENCEDORES

Foram hoje apresentados os resultados da 2ª edição do “Índice da Excelência”, um estudo que integrou as respostas de 30.000 profissionais para traçar um quadro do clima organizacional nacional e apontar as empresas que mais se destacam na área. Os resultados da iniciativa apontam os fatores de retenção de colaboradores nas organizações e permitem potenciar boas práticas de gestão.Vencedores_IE2017

 

Lisboa, 20 de fevereiro de 2018 – Vila Galé (Grandes Empresas>1000), Conduril (Grandes Empresas), Edge (Médias Empresas) e Connect Services (Pequenas Empresas) são os vencedores do estudo “Índice da Excelência 2017”. A cerimónia de apresentação dos vencedores da segunda edição do estudo de clima organizacional e desenvolvimento do capital humano, desenvolvido pela Neves de Almeida | HR Consulting, em parceria com a Human Resources Portugal, a Executive Digest e o INDEG-ISCTE, decorreu hoje no Museu do Oriente, em Lisboa.

 

Segundo Pedro Rocha e Silva, Partner da Neves de Almeida | HR Consulting, o objetivo a que nos propusemos quando lançámos oPedroRochaeSilva_IE2017 estudo Índice da Excelência mantém-se: conseguir disponibilizar uma avaliação da dimensão complexa do capital humano em contexto organizacional e compreender a sua relevância para uma estratégia global. O Fator X que identificamos neste estudo difere bastante de organização para organização, exigindo um processo de conhecimento e avaliação que se revela fundamental no sentido de perceber qual a mais-valia diferenciadora em cada organização e como a utilizar para potenciar a relação com os seus Colaboradores. Acreditamos que esta avaliação configura uma ferramenta muito relevante para tornar esta realidade mais clara e percetível, no sentido de poder potenciar a sua natureza diferenciadora e melhorar possíveis aspetos menos positivos identificados. A partir desta segunda edição do Índice da Excelência as organizações participantes contam ainda com o elemento acrescido de conseguir desenhar a sua evolução neste contexto e avaliar processos entretanto implementados.

O Índice da Excelência premeia organizações em categorias globais de dimensão, definidas por número de colaboradores, entre Grandes Empresas>1000 colaboradores, Grandes Empresas (mais de 251 colaboradores), Médias Empresas (entre 51 e 250) e Pequenas Empresas (entre 11 e 50). Foram igualmente reconhecidas organizações por setor macro de atividade, num total de nove áreas: Banca, Seguros e Serviços Financeiros; Construção, Infraestruturas, Transportes e Logística; Consultoria e Serviços Profissionais; Hotelaria, Turismo, Desporto e Ensino; Indústria; Retalho e Comércio; Saúde e Farmacêuticas; Setor Público e Tecnologia, Media e Telecomunicações.

O estudo desenvolvido integrou as respostas a questionário de aproximadamente 30.000 colaboradores, oriundos de cerca de 200 empresas participantes. As conclusões obtidas possibilitam determinar quais as empresas que apresentam um melhor clima organizacional e que se destacam como entidades de excelência em Portugal, mas igualmente dar a cada empresa participante a oportunidade de adquirir informação relevante para a identificação de áreas fortes e de melhoria na gestão do seu ativo humano e os seus principais fatores de retenção. Permite às organizações terem noção do nível de satisfação dos seus colaboradores face a diferentes áreas de atuação, medir o nível de compromisso dos colaboradores com a organização e identificar o seu Fator X – aquele (ou aqueles) fator(es) em que se destacam pela positiva.

A metodologia de avaliação desenvolvida integra a análise de dimensões complementares da excelência do relacionamento com os colaboradores, da dinâmica organizacional, processos, clima e gestão de recursos humanos.

 

Os Vencedores da 2ª edição do estudo “Índice da Excelência”:

Grandes Empresas>1000

  • Vencedor Grandes Empresas>1000: Vila Galé

Grandes Empresas (mais de 251 colaboradores)

  • 1º Lugar Grandes Empresas: Conduril
  • 2º Lugar Grandes Empresas: BOLD International
  • 3º Lugar Grandes Empresas: Manvia
  • 4º Lugar Grandes Empresas: agap2IT
  • 5º Lugar Grandes Empresas: Vila Galé

Médias Empresas (entre 51 e 250 colaboradores)

  • 1º Lugar Médias Empresas: Edge
  • 2º Lugar Médias Empresas: UNICOMBI
  • 3º Lugar Médias Empresas: e.Near
  • 4º Lugar Médias Empresas: VORTAL
  • 5º Lugar Médias Empresas: Montepio Crédito

Pequenas Empresas (entre 11 e 50 colaboradores)

  • 1º Lugar Pequenas Empresas: Connect Services
  • 2º Lugar Pequenas Empresas: Ganhar (RE/MAX) – Serviços Centrais
  • 3º Lugar Pequenas Empresas: Driven
  • 4º Lugar Pequenas Empresas: Bresimar Automação
  • 5º Lugar Pequenas Empresas: Bernardo da Costa