u’ve got mail

Fev 24, 2015

GOVERNANCE PARA AS TIC NO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

A agap2 foi a consultora selecionada para desenvolver um projeto de Otimização do Modelo de Governance para as TIC do Ministério da Economia. A iniciativa que utilizou um modelo inovador em Portugal, pretende promover o papel das TIC como um fator de criação de valor nomeadamente na satisfação das necessidades dos seus Stakeholders, otimização de riscos e otimização de recursos.

 

Lisboa, 24 de fevereiro de 2015 – Num contexto de profunda transformação da Administração Pública, a agap2 desenvolveu um projeto inovador ao utilizar o Framework COBIT 5 da ISACA, para a definição e implementação do modelo de governance e gestão de sistemas de informação.

 

Para Filipe Esteves, Diretor Geral da agap2, “ao longo dos últimos anos verificaram-se diversas iniciativas relacionadas com a modernização administrativa no Sector Público, entre as quais conquistou relevância a necessidade de uma melhor gestão dos riscos e a otimização dos recursos relacionados com as Tecnologias de Informação e Comunicação. O desafio colocado à agap2 contou com a identificação de diversos fatores críticos de sucesso, dos quais se destaca a importância da adoção e adequação de boas práticas à realidade da entidade em causa, em particular no que refere à gestão do programa, melhoria contínua e gestão da mudança a implementar”.

 

O facto de a iniciativa ter sido realizada num contexto de transformação do modelo orgânico das Entidades do Ministério da Economia levou a que tivessem existido diversos constrangimentos. Estes, verificados sobretudo ao nível da definição do âmbito das entidades envolvidas, os quais tiveram impacto sobretudo na gestão da mudança, em particular na definição dos modelos de responsabilidades e transferência de competências de colaboradores.

 

O alinhamento com boas práticas constituiu um fator crítico de sucesso, nomeadamente através da utilização de diversos produtos da família COBIT 5 – tendo sido a Secretaria-Geral uma das primeiras organizações em Portugal a utilizar esta solução, que respondessem às distintas vertentes do projeto: a gestão do programa, a avaliação do estado atual da capacidade dos processos e o desenho e capacitação dos processos que irão suportar a função informática.

NEWSLETTER

LISBOA
Rua Sampaio e Pina n.º 58, 2.ºD
1070 - 250 Lisboa

© 2022 SayU Consulting