u’ve got mail

Mar 9, 2016

MÉDICOS DO MUNDO PROCURA APOIO

A Médicos do Mundo definiu como meta para este ano a angariação de recursos para continuar a desenvolver os seus projectos em Portugal. A campanha de divulgação pensada para 2016 tem como objectivo contrariar uma tendência de mais pedidos de ajuda e uma diminuição nos apoios financeiros recebidos.

 

Lisboa, 09 de Março de 2016 – A Médicos do Mundo vai iniciar uma campanha de divulgação com o objectivo de angariar fundos para 2016, para que a associação consiga continuar a operacionalizar os vários projectos nacionais de apoio que actualmente desenvolve. Face a uma tendência de mais casos de pobreza e de exclusão social, a associação recebe cada vez mais pedidos de ajuda e debate-se simultaneamente com uma diminuição dos apoios financeiros públicos, empresariais e de particulares, que representaram uma perda de donativos entre 2011 e 2015 de 215 mil euros.

Na actual conjuntura, a Delegação Portuguesa da Médicos do Mundo foi obrigada a interromper a sua intervenção internacional, direccionando os parcos recursos disponíveis para acções em Portugal. Encontra-se previsto no Plano Estratégico da Médicos do Mundo (2016-2020) o retomar das intervenções internacionais, com projectos no âmbito do domínio técnico da organização e com parcerias estratégicas.

Em Portugal, a Médicos do Mundo encontra-se presente com oito projectos que apoiam várias tipologias de grupos em risco e que melhoram a vida a mais de 5 mil pessoas por ano. Entre estes incluem-se:

  • Os projectos Farmédicos, Porto Escondido, Saúde Móvel, Unidade Habitacional de Santo António e Banco de Medicamentos no apoio à população excluída, desenvolvendo Cuidados Primários de Saúde em contexto comunitário, a distribuição de medicamentos e acções para diminuir a transmissão do VIH junto de populações de risco;
  • O projecto Like ME na intervenção junto de jovens, visando a promoção da saúde mental de jovens entre os 10 e os 12 anos de idade, com uma intervenção preferencial direccionada para uma população com reduzido acesso a cuidados de saúde e em situação de vulnerabilidade;
  • Os projectos Saber Viver e Viver Saudável no apoio à população idosa, incidindo nas potencialidades destes indivíduos e no papel activo que os seniores podem ter na vida social das suas comunidades.

Para alcançar esta meta a Médicos do Mundo prepara-se para desenvolver até ao final do ano a campanha “SOMOS TODOS VISÍVEIS”. A mensagem serve de mote a um conjunto de acções de divulgação, procurando apresentar a actividade da organização e angariar a contribuição de doadores, parceiros e voluntários que possibilitem continuar a levar cuidados básicos de saúde gratuitos às populações mais vulneráveis e combater a sua discriminação. Esta campanha tem início com um Concerto Solidário, que vai ter lugar no dia 22 de Março, em Lisboa.

Para Fernando Vasco, Vice-Presidente da Médicos do Mundo, “o mote para este evento e para toda a campanha de divulgação da Médicos do Mundo a desenvolver ao longo deste ano remete para a relevância e actuação da associação. Uma dimensão fundamental no trabalho desenvolvido consiste na capacidade de dar voz aos que não têm voz, de tornar visíveis e alvo de atenção e compromisso aqueles que são mais vezes esquecidos e ignorados. Esta missão implica, naturalmente, um factor de mobilização de recursos, essenciais para que as acções idealizadas possam efectivamente acontecer e ter um impacto efectivo junto da população que apoiamos”.

A solidariedade de diferentes parceiros e particulares revela-se fundamental para a angariação de fundos para a actividade da associação e a operacionalização destes projectos. Para a primeira iniciativa da campanha a desenvolver a associação conta com o apoio da Bridge, Câmara Municipal de Lisboa, CHM Acrílicos, Family First, fredbobone, Miss&Moustache, Movimento Pessoas@2020, Ophelia, QuickCom, Say U Consulting, SAPO, Sisley Paris, Teatro Tivoli BBVA, Ticketline e Topázio e com o patrocínio do Banco Primus, jornal Destak e Grupo Pinto & Cruz.

NEWSLETTER

LISBOA
Edifício Castil
Rua Castilho 39 - 10ºE
1250-068 Lisboa

PORTO
Pólo Casa dos Ferradores
Rua Cândido dos Reis 137
4400-073 Vila Nova de Gaia

© 2020 Say U Consulting