u’ve got mail

Jul 2, 2020

Redes Sociais não são apenas para produtos

B2B | Panorama do está a mudar

B2B

As redes sociais deixaram de ser palco exclusivo das empresas de B2C. O panorama do B2B está a mudar, em especial para as marcas que lidam com clientes sofisticados e conhecedores. Estas empresas e organizações estão sob pressão para diferenciar a comunicação das suas marcas de forma a alcançar a audiência desejada de forma mais eficiente e eficaz.

Com o recurso às redes sociais, as marcas B2B podem estabelecer uma voz distinta e uma comunidade de seguidores dedicada. Mais importante ainda, as redes sociais ajudam as empresas B2B a conquistar a confiança da sua audiência e a que esta recorra aos seus serviços.

O mercado B2B está em mutação, começando na demografia dos clientes. Com uma audiência mais nova do que nunca, e com poder de compra, a comunicação B2B é cada vez mais digital. As empresas e organizações B2B podem beneficiar muito de serem ativas num leque variado de plataformas sociais. De acordo com a ThinkWithGoogle, 81% dos millennials tem uma palavra a dizer nas decisões de aquisição das empresas. E as redes sociais poderão ter um papel a desempenhar no alcance do cliente de negócios mais novo e mais “empoderado”.

O primeiro passo para muitas marcas B2B é saber onde encontrar os seus clientes de negócios. E aí é preciso análise de dados e informação para aprender em que redes sociais os prospects se envolvem, onde os visitantes do site aprendem sobre um negócio, que tipo de conteúdo funciona melhor e, se, estão a dizer alguma coisa sobre uma marca ou setor.

Os dados, por si só, não dão todas as respostas. Mas fazer as perguntas certas para recolher a informação sim. Por exemplo, perguntar como vêm as notícias – nos telefones, TV ou outros – pode revelar muito sobre onde e como focar os esforços de marketing digital.

Como podem as marcas B2B tirar total partido das redes sociais? O primeiro passo é perceber o melhor ambiente para a partilha de conteúdo. É essencial ser orientado à comunidade. Partilhar conteúdo num tom pedagógico e orientado ao serviço, em vez de orientado às vendas, vai ajudar a construir confiança com a audiência.

Os conteúdos e estórias únicas e “inspiracionais” que mostram a personalidade de uma marca podem nutrir uma comunidade de seguidores e manter uma empresa B2B relevante e no top-of-mind.

Saiba como!

NEWSLETTER

LISBOA
Edifício Castil
Rua Castilho 39 - 10ºE
1250-068 Lisboa

PORTO
Pólo Casa dos Ferradores
Rua Cândido dos Reis 137
4400-073 Vila Nova de Gaia

© 2020 Say U Consulting