u’ve got mail

Dez 2, 2021

B2B também podem ser unicórnios

Unicórnios B2B

Unicórnios B2B

O contexto Business to Business (B2B) tem demonstrado uma expansão e inovação contínuas ao longo de anos recentes, à medida que cresce a oferta de novos tipos de produtos e serviços pensados para esta dimensão específica de negócio. Uma ambição que se traduz também na possibilidade de as empresas B2B serem unicórnios.

Só na Europa, há hoje mais de 300 marketplaces B2B, um aumento exponencial quando comparado cm as cerca de duas dezenas de plataformas desta tipologia existentes em 2010. Destes, já são mais de uma dezena os que angariaram mais de 50 milhões de euros e alguns ultrapassaram já a barreira dos 100 milhões de euros. No total, os marketplaces B2B europeus já angariaram mais de tês mil milhões de euros. E o valor continua a crescer.

No Velho Continente assiste-se a um intenso dinamismo de startups B2B. Um ecossistema dotado de flexibilidade e adaptabilidade, uma vantagem tecnológica a nível de expertise e um mais eficaz levantamento de investimento são a sua sustentação e ao mesmo tempo a tendência que traz consigo expetativas de crescimento no futuro.

Ainda assim, a Europa está em clara desvantagem neste campeonato (que inclui não só o B2B mas também o Business To Consumer (B2C), mas é ao mesmo tempo uma das zonas do globo onde o número de unicórnios mais está a aumentar. Já ultrapassou a China – que segue no segundo lugar mundial – no número de unicórnios e cresceu na capacidade de atrair capital de risco.

Os EUA continuam a ser a nação com mais unicórnios, quase metade dos que existem a nível global e por setores é nas Fintech que tem havido um maior dinamismo. Dados de 2021 revelam que há mais de 800 startups na condição de unicórnio e a expectativa é rapidamente se ultrapasse o milhar. Várias delas serão do segmento B2B.

NEWSLETTER

LISBOA
Edifício Castil
Rua Castilho 39 - 10ºE
1250-068 Lisboa

PORTO
Pólo Casa dos Ferradores
Rua Cândido dos Reis 137
4400-073 Vila Nova de Gaia

© 2020 Say U Consulting