u’ve got mail

Set 22, 2022

A estrutura do social media: riscos e problemas

Apesar da “autocorreção” nos canais de social media, ainda existem, e sempre existirão, grandes preocupações em relação à propagação de desinformação. Quebras de privacidade e segurança, ataques de trolls e hackers e cyberbullying ocorrem diariamente.

Não podemos fechar os olhos a estes problemas, pois não parecem vir a desaparecer facilmente. Podemos argumentar que o cyberbullying é apenas a versão digital do bullying, que existe desde sempre.

Liberdade de expressão

Governos, organizações civis, empresas e líderes sociais, encontram estas questões no centro da sua atenção. Estas são, infelizmente, difíceis de resolver, pois fazem parte de um longo debate sobre a regulamentação dos meios de comunicação social versus autorregulação.

A regra em todos os meios de comunicação social é que o direito à liberdade de expressão e à liberdade dos meios de comunicação social tem de ser equilibrado com os direitos dos indivíduos. As pessoas têm o direito à privacidade, segurança e liberdade de intimidação e assédio. No entanto, no caso dos meios de comunicação social, tudo o que é publicado é público. Como podemos aderir a estas regras na era digital? Isto é algo que precisa de ser tido em conta e comunicado com clareza.

Mesmo que alguém apague o conteúdo dado das páginas em direto, muitos servidores e computadores ligados à Internet tê-lo-ão registado e continuarão a distribuí-lo. O que acontece na Internet permanece na Internet para sempre.

Poder, Riqueza, Ética

Os interesses comerciais e políticos podem “colonizar” as redes sociais, explorando-as descaradamente para fins de marketing e propaganda. Além disso, partidos políticos e candidatos em muitos países participam nos meios de comunicação social para obterem apoio para as suas várias políticas e causas. Isto levanta preocupações acerca destes canais, uma vez que as pessoas ainda os veem como fontes de confiança.

A monetização é uma palavra-chave no mundo online atual, uma vez que os proprietários de sites e aplicações tentam encontrar formas de gerar receitas a partir dos seus produtos e serviços. Em sociedades com sistemas de livre iniciativa, as empresas podem modificar as suas plataformas para atividades comerciais, tais como a publicidade. A monetização é uma prática legítima na Internet e nas redes sociais.

Pelas razões acima mencionadas, as empresas e profissionais de Relações Públicas terão sempre de ter em mente as diferenças essenciais entre a publicidade nos meios de comunicação comerciais e nos meios de comunicação sociais. A comercialização excessiva dos meios de comunicação social pode levar a uma reação negativa.

NEWSLETTER

LISBOA
Rua Sampaio e Pina n.º 58, 2.ºD
1070 - 250 Lisboa

© 2022 SayU Consulting