u’ve got mail

Set 22, 2022

O poder do social media: a ascensão dos meios de comunicação social

Há uma série de características fundamentais dos meios de comunicação social que não são recentes na história da comunicação humana. Mas graças à ascensão dos meios de comunicação social, ganharam nova relevância.

Antigos atributos em novos contextos

A nova filosofia para as empresas é renunciar ao controlo, e adotar protocolos, princípios e práticas que permitam e fomentem a interatividade nas redes sociais. No entanto, a interatividade tem várias formas. Os websites oferecem dois tipos de interatividade. Um é a interatividade funcional que permite aos utilizadores selecionar conteúdos em diferentes modalidades (texto, áudio, vídeo), mas dá oportunidades limitadas para comentários, por exemplo, em caixas de ‘feedback’ ou ‘contacte-nos’.

O outro é a interatividade contingente que envolve reciprocidade no envio e receção de mensagens. Tem esta designação porque estas trocas são dependentes do conteúdo em discussão e das mensagens enviadas.

As experiências e perceções dos utilizadores são reforçadas tanto pela interatividade funcional como pela interatividade contingente. A seleção e consumo de conteúdo pré-determinado é secundária. Níveis mais elevados de interatividade em que os utilizadores podem interagir e envolver-se no diálogo, colaboração e criação de conteúdos fazem parte das redes sociais e conduzem ao envolvimento e participação.

Relações Públicas e Meios de Comunicação Social

As Relações Públicas devem incluir comunicação nos dois sentidos. No entanto, os meios de comunicação social têm, tradicionalmente, proporcionado poucas oportunidades para tal. Mas através das suas características interativas e acesso aberto, os meios de comunicação social permitem e facilitam a comunicação bidirecional. Os meios de comunicação social oferecem o potencial para melhorar significativamente as Relações Públicas.

A verdadeira comunicação deve envolver o diálogo. A abertura à outra parte é essencial para a construção de relações. Nas Relações Públicas, há uma ênfase na interação bidirecional. Por este motivo, ao proporcionar oportunidades de comunicação bidirecional, os meios de comunicação social possibilitam Relações Públicas dialogantes.

No início do século XX, com a crescente popularidade dos meios de comunicação social, houve uma mudança profunda na paisagem mediática com a crescente interação entre produtores profissionais e amadores de conteúdos mediáticos. Hoje em dia, pessoas anteriormente referidas como consumidores e audiências produzem grande parte das notícias, informação e conteúdos multimédia em circulação.

A ascensão dos meios de comunicação social modificou a noção de que o público é recetor passivo de informação e oferece oportunidades de colaboração nunca antes vistas.

NEWSLETTER

LISBOA
Rua Sampaio e Pina n.º 58, 2.ºD
1070 - 250 Lisboa

© 2022 SayU Consulting