User Experience: o futuro da comunicação direcionada

User experience

O termo UX (User Experience) teve origem no início dos anos 90 e foi desenvolvido por Don Norman – engenheiro eletricista – e vice-presidente do grupo de research da Apple. E continua atual.

A metodologia UX foi desenvolvida com o objetivo principal de pensar na importância de melhorar todos os aspetos da interação do utilizador (humano) com qualquer tipo de sistema, produto ou serviço.

Esta metodologia é responsável por proporcionar experiências positivas e envolventes capazes de fidelizar e conquistar novos utilizadores sendo que os designers de UX estudam o comportamento humano e o serviço oferecido para encontrar meios de melhorar a experiência e satisfação proporcionada aos consumidores digitais de determinado canal.

Os objetivos essenciais da metodologia UX

A User Experience procura responder de forma positiva à noção de utilidade, que trabalha a rapidez e facilidade disponibilizada ao utilizador durante a navegação. O objetivo principal é fidelizar e transmitir uma boa experiência para que o utilizador não sinta a necessidade de procurar outra alternativa. A User Experience procura ainda responder ao nível de interesse e atração que a marca consegue despertar no utilizador (criando conteúdo visual interessante, divertido ou recompensador, etc.).

Em linhas simples, a User Experience pretende proporcionar ao utilizador a melhor experiência para que não seja necessário recorrer a alternativas (ou concorrência).

Um conceito sempre atual: proporcionar a melhor experiência

A vontade de oferecer bons serviços e proporcionar uma experiência relevante e recompensadora a ambas as partes interessadas (marcas e consumidores) é antigo e será sempre o cerne de um bom produto ou serviço. Mas com a alteração do segmento empresarial, digitalização e consumidores cada vez mais exigentes, surgem novas ferramentas todos os dias que apoiam a execução de uma boa experiência.

Para conseguir perceber quais as necessidades reais dos consumidores digitais os profissionais de UX recorrem a fermentas de suporte para conhecer a fundo as preferências e tendências mais acertadas. Como por exemplo através da realização de entrevistas com clientes reais de determinado produto ou serviço, entrevistas com as equipas das empresas que o desenvolvem, a realização de benchmarkings de serviços existentes e semelhantes (concorrência).

Conheça Don Norman, co-fundador do Grupo Nielsen Norman que nos fala um pouco sobre UX neste breve vídeo.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=12&v=9BdtGjoIN4E