Valorização do particular e da autenticidade

O atual panorama comunicacional coloca enormes desafios aos profissionais das relações públicas. Qual a estratégia correta de forma a afirmar e potenciar a presença mediática da nossa marca nos media?

A valorização do particular e da autenticidade pode ser uma das soluções. Contudo, a forma de o fazer não é tão simples como pode aparentemente parecer. O que resulta numa determinada organização não vai funcionar da mesma forma quando aplicado numa outra empresa. A estratégia, como referi anteriormente, deve passar pela valorização do particular e isso significa, obrigatoriamente, perceber e entender as realidades e especificidades das marcas que trabalhamos.

Atualmente, este é um tema que ainda não reúne consenso entre os especialistas. No entanto, e se olharmos para o que foi feito, por exemplo, em Portugal durante o ano de 2018, podemos ver que o conceito que parece alcançar mais sucesso é o do storytelling. A capacidade de contar uma história é um dos caminhos para o sucesso.

O público parece querer identificar-se com as histórias que as marcas contam. O formato habitual de promoção de determinado produto perdeu força e é hoje menos eficaz do que foi no passado. As campanhas que se destacaram foram aquelas que tiveram a capacidade de criar relações emocionais com o público. As formas de o fazer podem ser as mais diversas, mas a valorização do particular e da autenticidade parece ser um dos caminhos a seguir.

Em comunicação não há fórmulas mágicas e cada caso é um caso. A solução passa pela avaliação eficaz do ecossistema onde cada marca se posiciona e pensar de que forma é possível fazer com os “seguidores” da marca se continuem a identificar com a mesma.