COMO DEVEM AS MARCAS POSICIONAR-SE NAS REDES SOCIAIS?

COMO DEVEM AS MARCAS POSICIONAR-SE NAS REDES SOCIAIS?

 

As redes sociais são, apesar de tudo, um mundo ainda bastante recente. Se hoje parece impossível pensar um mundo sem Facebook, LinkedIn ou Instagram, a verdade é que há 20 anos nada disso existia. Sem grande surpresa, as marcas estão ainda a tentar encontrar formas de se posicionarem da melhor forma nas redes sociais.

Um dos aspetos mais importantes é a coerência. Independentemente do tipo de posicionamento que escolher, é essencial que se mantenha fiel a essa mesma estratégia, pelo menos por algum tempo. Por exemplo, se optou por tratar os seguidores por tu em determinada rede ou por não responder aos comentários dos utilizadores, deve manter essa opção e não a alterar consoante a publicação em causa ou o dia da semana.

As redes sociais são também um mundo onde facilmente se utiliza um discurso mais agressivo. É essencial que a pessoa responsável pela gestão da sua página saiba como lidar com este tipo de situações e, se possível, tenha um manual que a ajude neste tipo de ocasiões. Tudo o que é escrito numa rede social não pode ser apagado e por isso é essencial que se pondere cada linha que se escreve. Uma alternativa para evitar este tipo de situações é a criação de mensagens padrão que podem ser utilizadas consoante a situação em causa.

Lembre-se que a reputação de uma marca demora anos a construir, mas apenas alguns segundos a ser destruída. As redes sociais são um terreno fértil para que isso aconteça. Desta forma, é essencial ter bastante claro o tipo de posicionamento que pretende que a sua marca assuma neste mundo, para que o mesmo esteja de acordo com a identidade da sua organização.